Ocultação: o tema central do livro de Estêr

26/03/2018 17:41

 

Ocultação: o tema central do livro de Estêr

Por Tsadok Ben Derech

 

A ocultação é o tema central do livro de Estêr. Neste sentido, escreveu Rashi: 

בִִּימֵי אֶסְתֵר יִהְיֶה הֶסְתֵר פּנִים

“Nos dias de Estêr haverá a ocultação da face divina”.

Quando Elohim esconde sua face, há confusão, medo e hesitação. O que o ETERNO nos deseja fazer? Qual é o seu decreto para nossas vidas?

Os infindáveis milagres realizados pelo ETERNO no passado podem fazer com que alguém se esqueça hoje de que YHWH guia inteiramente os acontecimentos em todos os tempos. A palavra hebraica para “mundo”, עולם, deriva da raiz עלם, que significa “oculto”, porque neste mundo a existência de Elohim está oculta ao homem natural. Este é o propósito de עולם– mundo/ocultação: testar o homem para encontrar o ETERNO em meio à escuridão.

Em que pese a ocultação da face divina e a falta de menção explícita ao nome de YHWH no livro de Estêr, é evidente que o ETERNO controlou todos os eventos que culminaram na festa de Purim.

O livro de Estêr ensina que o YHWH realmente está no controle da História: Ele salva e protege o seu povo, usando pessoas e acontecimentos normais.

Para os incrédulos, todos os eventos do livro de Estêr foram obra do acaso. Para aqueles que creem, todos os fatos são atribuídos à autoria divina.

Aí está o mistério da ocultação do Nome de YHWH em Meguilat Estêr: Somente os tsadikim conseguem enxergar as obras do ETERNO nos eventos comuns do cotidiano.

Com efeito, os tsadikim têm a capacidade de glorificar o ETERNO ao verem o Mar Vermelho se abrir, o man cair e a Sechiná reluzir, porém, também enxergam o ETERNO nas singelas coisas do dia a dia. Ainda que o ETERNO pareça invisível, os tsadikim o veem nitidamente com os olhos da fé.

De tudo isso, aprendemos que a lição primordial de Meguilat Estêr é que o ETERNO não está oculto, apenas parece estar. Cabe-nos a missão de encontrá-lo em cada evento de nossas vidas.

 

Voltar