Quais são os requisitos para a tevilá (imersão/“batismo”)?

26/08/2013 22:45

Quais são os requisitos para a tevilá (imersão/“batismo”)?

 

Há pessoas que querem passar pela tevilá (imersão/“batismo”) e se perguntam: “o que eu preciso fazer”?

A base do Judaísmo Nazareno é cumprir a Torá e crer que Yeshua é o Messias (Guilyana/Apocalipse 12:17).

É claro que um recém-convertido não conhece muitos mandamentos da Torá, razão pela qual precisará aprendê-los. A teshuvá é um processo longo, pois ninguém muda seus hábitos do dia para a noite. Sabendo disso, os sh'lichim (emissários) estabeleceram regras mínimas a serem cumpridas pelos gentios (At 15:19-20), crendo que estes iriam, com o passar do tempo, aprender e praticar outros mandamentos, já que estudariam a Torá de Moshé (Moisés) nas sinagogas em cada shabat (At 15:21).

Em outras palavras, está apto à imersão (tevilá/“batismo”) quem cumpre mandamentos básicos da Torá. Posteriormente, o membro da comunidade irá pôr em prática outros mandamentos que forem aprendidos durante sua jornada espiritual. Não se pode colocar um jugo pesado no recém-convertido, uma vez que todos os seres humanos necessitam de um tempo para adaptação e transformação gradativa do caráter. Se o convertido já cumpre mandamentos (mitsvot) básicos, poderá receber a tevilá (imersão).

Acesse o link sobre as regras básicas que devem, inicialmente, ser praticadas por um discípulo de Yeshua: http://www.judaismonazareno.org/news/devem-os-crist%C3%A3os-guardar-a-tora-ou-apenas-as-sete-leis-noeticas-/

Além do cumprimento de tais mandamentos, é imprescindível a fé em Yeshua HaMashiach, crendo em seus ensinos. Para o Judaísmo Nazareno, aquele que deseja se tornar netsari (nazareno) deve concordar com as verdades expostas nas Escrituras, condensadas na Declaração de Fé (veja o link: http://www.judaismonazareno.org/nossa-fe/).

Então, se alguém já está praticando a Torá, por meio das regras iniciais indicadas no link citado, e se esta pessoa crê que Yeshua é o Mashiach (Messias), então, poderá receber a tevilá (imersão/“batismo”). Vale lembrar que Filipe promoveu a imersão do oficial etíope sem exigir grandes formalidades (Ma'assei Sh'lichim/Atos dos Emissários 8:26-39). Ya’akov HaTsadik (Tiago, o Justo) também afirmou que não deveriam ser colocados obstáculos para aqueles que estivessem se voltando para Elohim, ou seja, fazendo teshuvá (Ma'assei Sh'lichim/Atos dos Emissários 15:19).

 

Resumindo, está em condições de receber a tevilá (imersão/“batismo”) quem cumulativamente:

 

1) confessa que Yeshua é o Mashiach (Messias), crendo nas verdades bíblicas resumidas na Declaração de Fé: http://www.judaismonazareno.org/nossa-fe/;

2) está praticando mitsvot (mandamentos) elementares da Torá (leis noéticas) e deseja gradativamente incorporar outros mandamentos para fins de crescimento espiritual. Tais mandamentos básicos podem ser encontrados em: http://www.judaismonazareno.org/news/devem-os-crist%C3%A3os-guardar-a-tora-ou-apenas-as-sete-leis-noeticas-/.

 

Vale repetir a halachá de Ya’akov HaTsadik: “não devemos pôr obstáculos no caminho dos gentios que estão se voltando para Elohim” (Ma'assei Sh'lichim/Atos dos Emissários 15:19). Logo, satisfeitos os requisitos mínimos, o neófito pode receber a tevilá (imersão/“batismo”).

 

 

 

 

 

 

 

  

Voltar